Month: Maio, 2005

Matar a Guerra: Em memória de quatro vítimas

11 Maio, 2005 (00:00) | classe, política, violência |

Publicado em Vieiros Quem isto escreve nunca morrerá fulminantemente asfixiado numa manhã de nuvens dentro dum depósito de metal sem oxigénio. Nunca será sepultado dentro de uma máquina de ferro por uma montanha de lixo urbano. Nunca cairá funâmbulo dum telhado onde andava a colocar tijolos para os prédios de milhões de euros. Nunca será […]