Month: Abril, 2010

Por sobrevivência, independência

21 Abril, 2010 (00:00) | discurso, política |

Publicado em Diário Liberdade Existem muitas razões lógicas para a Galiza ser soberana, e, se assim o decidir, independente (existem razões contrárias, claro, mas eu falo só das lógicas). Mas a razão principal, hoje que como nunca assediam nas ondas palavras estranhas, é a da pura sobrevivência. Mental, quero dizer.

Corrupção, consenso e política linguística

13 Abril, 2010 (00:00) | classe, direitos linguísticos, discurso, língua, mercado simbólico, política |

Publicado no Portal Galego da Língua • Em Vieiros Em textos anteriores (“Língua, Mercado e liberdade”, “O conflito linguístico só tem uma saída”, “Contra a utilização dos ‘direitos linguísticos’”, “Bilinguismo zumbi e crise sociolinguística”) tenho apontado que a história da política linguística na Galiza se deve examinar como a articulação de três dicotomias entrecruzadas: o […]