Category: língua

Por um Galego Normativo do século XXI

23 Setembro, 2010 (00:00) | escrita, língua, mercado linguístico |

“Eu tamén sou lusista, Celso, pero entre nós; o pobo necesita unha grafía!” (Um indignado Francisco Fernández del Riego, em memorável encontro, década de 1990) Categorias sobre a escrita Verdadeiramente, as categorias sobre a língua formal escritas que os discursos hegemónicos utilizam são do mais falacioso, e amiúde não só contradizem a realidade, mas as […]

Cuidadinho com o triunfalismo

15 Setembro, 2010 (20:33) | direitos linguísticos, língua, mudança linguística, política | 1 comment

Em MundoGaliza • Em Diário Liberdade • Em Galiza Livre O problema do triunfalismo é que, quando não triunfa, a queda é mais dura. Refiro-me à denegação, por parte do Tribunal Superior de Justiça da Galiza, da “suspensão cautelar” do Decreto do Plurilingüismo do PP solicitada no recurso interposto pola Mesa pola Normalización Lingüística. E […]

A tentativa de nos reenquadrarem a língua

19 Agosto, 2010 (00:01) | discurso, língua |

No Portal Galego da Língua • Em Diário Liberdade Recentemente assiste-se a um certa tentativa de reenquadramento dos conflitos linguísticos no Estado Español em várias espécies.  Desde o “progressismo” centrista faz-se, por exemplo, em termos do apelo a uma “diversidade” semelhante à exuberância da flora tropical. É um discurso velho e novo ao mesmo tempo. […]

Contrastes de línguas e nações

24 Maio, 2010 (18:20) | classe, ensino, língua | 2 comments

Regressando da Catalunha depois duns dias de lazer compreendo mais uma vez os contrastes constitutivos entre duas nações, aquela e esta, tão diferentes mas unidas numa questionável aliança contra um estado central que, entre outras formas de miragem, foi capaz de produzir até o pretenso antídoto Galeusca. Na Catalunha, não apenas as pequenas lojas fazem […]

A crise da língua e um futuro possível

7 Maio, 2010 (00:00) | ensino, língua, mercado simbólico, mudança linguística | 5 comments

Publicado em Novas da Galiza 90, 15 de maio – 15 de junho de 2010, p. 20 Na crise sociolinguística atual da Galiza convergem desde há aproximadamente ano e meio vários processos: (1) A evidente perda de falantes e de usos do idioma, refletida, por exemplo nos dados mais recentes do Instituto Galego de Estatística; […]

Corrupção, consenso e política linguística

13 Abril, 2010 (00:00) | classe, direitos linguísticos, discurso, língua, mercado simbólico, política |

Publicado no Portal Galego da Língua • Em Vieiros Em textos anteriores (“Língua, Mercado e liberdade”, “O conflito linguístico só tem uma saída”, “Contra a utilização dos ‘direitos linguísticos’”, “Bilinguismo zumbi e crise sociolinguística”) tenho apontado que a história da política linguística na Galiza se deve examinar como a articulação de três dicotomias entrecruzadas: o […]

O Mito das Portas Singulares

9 Marzo, 2010 (00:00) | ensino, escrita, língua |

Em Facebook Para os mestres da escrita e da política No primeiro dia de escola, a estudante foi levada pelo mestre perante duas portas paralelas rotuladas “G” e “E” que davam para um jardim exterior. Primeiro o mestre deu-lhe uma grande chave antiga em forma de E, com elementos modernos. “Toma”, disse ele. “Com ela […]

O jogo institucional da língua

6 Febreiro, 2010 (00:00) | língua, mercado simbólico, política |

Em Xornal de Galicia • No Portal Galego da Língua • Em Diário Liberdade • Em A Zona Velha «Agora ben, o galego xa non é o portugués, e iso ocorre dende finais da Idade Media. Calquera reintegracionismo é un forzamento da Historia, e como dicía Tony Negri calquera forzamento da realidade é terrorístico». (Xosé […]

Anxo Lorenzo, demite

15 Novembro, 2009 (00:00) | língua, mercado simbólico |

Publicado em Vieiros • No Portal Galego da Língua Anxo Lorenzo, demite. O teu Decreto não vai ter o “consenso” que procuras, e que explicava a tua aceitação do cargo. Se demites ficarás bem contigo mesmo. Demonstrarás o fiasco em que te meteste, e sobretudo uma grande humanidade. Sabes que o novo Decreto não será […]

Consenso sem senso

14 Agosto, 2009 (00:00) | língua, mercado simbólico, política |

Publicado no Xornal de Galicia, na edição em papel e na web Perante a atual crise da língua da Galiza, existem basicamente duas amplas posições para a mobilização social, articuladas em torno de plataformas e manifestos. Um bloco, com alguns matizes internos, chama a um novo “consenso” dos partidos hoje parlamentares, baseando-se no que de […]